quinta-feira, 29 de janeiro de 2009

Sonhar é preciso

Sonhar é preciso
Todos precisamos de sonhar
O sonho comanda a vida
Sem sonhos a vida fica sem sentido
Quem não sonha não alcança
Eu
Você
Todos nós
Precisamos de sonhar
Mesmo nos dias mais escuros devemos manter o sonho
É nas noites mais frias que nos agarramos aos sonhos
Tornar meus sonhos reais não depende só de mim
Mas depende principalmente de mim
Tenho que acreditar em mim
Tenho que querer
Tenho que desejar
Tenho que sonhar
Mesmo acordado tenho que sonhar
Sonhar com a felicidade
Sonhar com a alegria
Sonhar com o amor
Há sonhos difíceis de alcançar
Mesmo assim é preciso sonhar.


video

terça-feira, 27 de janeiro de 2009

Desiludido

Desiludido comigo
Desludido principalmente comigo
Nos lançamos de corpo e alma
Nos mandamos de cabeça
Nos regemos pelo coração
Deixamos de pensar e avançamos
Sem medos nem temores
Porque o chamamento é forte
Tão forte que nem olhamos para traz
O caminho é em frente
Em busca da felicidade
Em busca do amor
Em busca da vida
Tentamos e queremos viver
Tem momentos em que conseguimos
Tem alturas em que não
Pouco importa desde que se sinta
Sentimos que nada mais importa
Vivemos como que num sonho
Sonho sonho e vivo ao sabor do coração
Acaba o sonho
Chora coração
Mas pelo menos vivemos
Resta que a desilusão

video

sexta-feira, 23 de janeiro de 2009

Teatro da minha vida

A vida não passa de uma peça de teatro
Uma peça de teatro sem guião escrito
Desde que se nasci até morrer
Sou eu que escrevo esse guião
Minuto a minuto, hora a hora, dia a dia
Sou criança é uma peça alegre e cheia de vida
O pano sobe e desce ao sabor dos anos
Sou adolescente se transforma em sonhos e miragens
Com amores de desamores, alegrias e tristezas
O pano sobe e desce ao sabor dos dias
Em adulto me tornei meus sonhos tentei realizar
Alguns consegui, outros nem por isso
O guião vai somando paginas de vida
Páginas de alegria, páginas de tristeza
Momentos de desalento, momentos de esperança
Cada página um ano de vida
Até que cheguei aos dias de hoje
Poderia ter desempenhado melhor o meu papel?
Esforcei-me o suficiente para merecer esse papel?
Que guião me reserva ainda a vida?
Não sei é impossivel saber
Apenas sei que
Desejo escrever ainda mais algumas páginas
Páginas onde não escreva os mesmos erros
Onde não encontre tristezas
Onde consiga mais alegrias
Onde encontre a felicidade
Onde tenha saúde
Tudo isto não passa de desejos
Pois o guião é escrito a cada minuto
Do teatro da minha vida

video

segunda-feira, 12 de janeiro de 2009

À deriva

Estou à deriva tal barco neste mar que é a vida
Navegando por entre as ondas
Neste mar turbulento que ela tem sido
Dias de acalmia
Dias de tempestade
Dias de sol
Dias de chuva
Noites escuras
Noites estreladas
Procurando ao longe o farol
O farol que me guie para um porto seguro
Já o vislumbrei
Mas voltei a perdê-lo
Neste momento de tempestade
Procuro simplesmente sobreviver
Tentando não naufragar
Mesmo à deriva preciso navegar
Com esperança
De um dia porto seguro vou encontrar

video

DEIXEI DE FAZER ANOS, VOU VIVER DIA A DIA

Dias que já vivi Dias que irei viver?
Todas as fotos que ilustram os meus poemas são de minha autoria, para assim tornar tudo o que dele faz parte mais meu.