quinta-feira, 29 de novembro de 2007

O nosso sentido da vida.


Dizem que o que procuramos é um sentido para a vida.
Penso que o que procuramos são experiências que nos façam sentir que estamos vivos.
Para uns, a jornada é curta e agradável, para outros, a jornada é acidentada, e em alguns momentos, dá vontade de desistir...
Ao contrário do que possa pensar, é nesses momentos que algo muito maior está a acontecer.
Estamos aqui para aprender, não para sofrer...abandone o passado... desbloqueie a sua paralisia afetiva.
À medida que ganhamos experiências, um pouco mais nos é revelado. Abra-se!
Ninguém é igual a ninguém e ninguém é perfeito.
A vida vai nos dando coisas com que consegui-mos lidar, conforme vamos aprendendo a lidar com elas.
É assim que a vida funciona.
Avançamos no caminho seja ele qual for através dos nossos relacionamentos.
Seja qual for o relacionamento que nós atraí-mos para dentro da nossa vida, numa determinada época, ele foi aquilo de que nós precisava-mos naquele momento.
Reparem que nada é por acaso.
Nós colocamo-nos numa espécie de “trilho”, que sempre existiu, o tempo todo, à nossa espera. Nós escolhe-mos o nosso destino.
A vida que temos que viver é essa mesma.
Ninguém consegue mudar o que não consegue encarar.
Por isso, onde quer que nos encontremos, é exatamente onde precisamos de estar, nesse momento.
Quando estiver-mos prontos para fazer uma coisa nova, de maneira nova, o faremos.
Há sempre alguém à espera da pessoa na qual você se está a transformar.
A cada momento, cada um de nós está a passar pelo processo de Ser e de se tornar. Como as pessoas, os nossos relacionamentos também mudam.
E ainda há muito a aprender sobre AMOR...
Ainda há muito para ser realizado.Apesar de muitos problemas, há Esperança, Fé, Alegria, há o AMOR...

SEJAM FELIZES SEMPRE!!!
Carlos Adalberto
(Não é de minha autoria é do senhor cujo nome está em cima, coloquei aqui porque o sinto como se fosse eu que tivesse escrito ou seja eu não diria melhor)

1 comentário:

Carla disse...

Oi AMIGO, que bom que gostaste...

DEIXEI DE FAZER ANOS, VOU VIVER DIA A DIA

Dias que já vivi Dias que irei viver?
Todas as fotos que ilustram os meus poemas são de minha autoria, para assim tornar tudo o que dele faz parte mais meu.